Mensagens

Porque é que fazem as coisas às mijinhas?

Há várias coisas neste mundo que me irritam solenemente, mas há apenas três que conseguem tirar-me completamente do sério:

1 – Pessoas que fazem as coisas às mijinhas;
2 – Ter que falar com falar/discutir com funcionários públicos;
3 (a melhor de todas) – Ter que falar/discutir com funcionários públicos porque fizeram as coisas às mijinhas!
Porque é que trago este tópico, ou melhor dizendo, desabafo, para vós hoje? É muito simples!
Há pouco tempo, durante as arrumações e transferências de tralha para a casa nova, descobri que tinha uma conta no banco CTT local, comprovada apenas por certificados de aforro, com uma quantia, digamos, simpática. Visto que a situação do dinheiro não tem sido fácil devido a empréstimos e prestações e mensalidades e tudo mais que a compra de uma casa traz, decidi ir no dia seguinte pedir o resgate do dinheiro para a minha conta bancária, e tentar ajudar da forma mais sorrateira possível nas despesas.
Quando lá cheguei, disseram-me quanto tinha, mas que não me pod…

The Stolen Princess – Beatriz e Romeu – Critica e Review

Imagem
Titulo original: The Stolen Princess Titulo em português: Beatriz e Romeu Ano de lançamento: 2018 Pontuação no IMdb: 6.2 Atores Principais (vozes): Nadezhda Dorofeeva, Aleksey Zavgorodniy, Yevhen Malukha Sinopse: Esta história maravilhosa aconteceu na época de valentes cavaleiros, lindas princesas e lutadores de feiticeiros. Ruslan, um artista errante que sonha em tornar-se um cavaleiro, conheceu a bela Mila e apaixonou-se por ela; ele nem sequer suspeitou que ela é filha do rei. No entanto, a felicidade dos amantes não era para durar muito tempo. Chernomor, o malvado feiticeiro, apareceu num vórtice mágico e roubou Mila diante dos olhos de Ruslan para transformar o poder do seu amor no seu próprio poder mágico. Sem mais delongas, Ruslan sai numa perseguição após a princesa ser roubada para superar todos os obstáculos e provar que o amor real é mais forte que a magia. Critica: Bem, hoje, dia 01/08/2019, no meio do tédio e filmes repetidos, decidi arriscar e ver este filme de que tanto me fa…

Lutas inglórias

Antes de mais nada, quero dizer que há novidades por aqui: já é possível subscreverem o blog através do vosso e-mail, para que não percam pitada no que se passa por aqui. Também podem contactar-me por e-mail, podem sugerir temas que gostariam que eu falasse aqui, ou podem simplesmente procurar conselhos e dizer se autorizam ou não que eu fale disso aqui, pois o vosso problema pode ser o problema de outros. Basta acederem ao meu perfil e carregar no botão "contactar-me". Bom, agora que isso já ficou esclarecido, vamos ao tema que vos falo aqui hoje. Já alguma vez tiveram a sensação de lutarem contra moinhos de vento? - Traduzindo para quem não conhece a expressão - Já alguma vez tiveram a sensação de lutarem em vão? A sensação de que estão a aplicar as vossas forças em coisas que não valem a pena, porque estão a lutar sozinhos? É assim que eu me sinto… Parece que estou a dizer balelas soltas, mas eu passo a explicar. A questão é que a cidade onde vivo está a morrer. E digo …

Hipócrisia

Acho que esta palavra - hipocrisia - é comum em todos os círculos sociais: religiosos, formais, informais, casuais, todos eles. Também posso quase garantir que todos vocês já ouviram aquela típica frase "quem mexe com os meus, mexe comigo" certo? Ou outra ainda melhor que é "quando os meus precisam, estou lá sempre", não é verdade? Para alivio de muitos, incluindo de mim mesma, na maioria dos casos essas frases são reais, são princípios fundamentais e básicos na vida de algumas pessoas, e graças aos Deuses que assim é, eu pelo menos funciono assim, sempre que posso, ajudo no que conseguir e no que me for possível, sejam amigos, conhecidos, ou até mesmo completos estranhos. Gosto muito da sensação de dever cumprido, da sensação que fiz diferença na vida de alguém, mesmo que seja uma diferença pequena, acho que pertenço à raça que chamam extinta. Fiquem sabendo que não estamos extintos, ainda há vários de nós, apenas não se mostram, tal como eu. Simplesmente fazem o…

O Regresso de Mary Poppins - Critica e Review

Imagem
"O Regresso de Mary Poppins" é um filme de 2018, classificado 7.1/10 no IMDb, protagonizado e interpretado por Emily Blunt, Lin-Manuel Miranda e Ben Whishaw e com participação especial de Dick Van Dicke e Angela Lansbury (atores da velha guarda). É uma comédia fantástica para toda a família, e para todas as idades acima dos 9 anos. Sinopse: Numa Londres abalada pela Grande Depressão, Mary Poppins desce dos céus novamente com o seu fiel amigo Jack para ajudar Michael e Jane Banks, agora adultos trabalhadores, que sofreram uma perda pessoal. As crianças Annabelle, Georgie e John vivem com o pai na mesma casa de há 24 anos atrás e precisam da ama enigmática e do acendedor de candeeiros de rua otimista para trazer alegria e magia de volta às suas vidas. Enquadramento histórico: Ora bem, para quem não está dentro do assunto (admito que também não estava, aprendi isto com a pesquisa que fiz para o blog) a Grande Depressão é popularmente conhecida como Crise de 1929. Foi uma enorme…

Suicidio

Hoje, enquanto estava num café com o meu melhor amigo, ouvi (sem querer) uma conversa que me deixou a pensar, principalmente porque me identifiquei com o assunto da conversa. Não percebi bem como é que o tema veio à baila, o que percebi foi que uma rapariga comentou com um amigo dela que não pode ficar sozinha em casa. O rapaz perguntou porquê, e a miúda respondeu que começa a pensar em matar-se; que já tentou uma vez, mas, por sorte, a mãe apareceu quando ela estava a tomar o último comprimido, e conseguiu levá-la para o hospital a tempo de a salvarem. Eu não vou começar aqui a julgar a miúda, porque eu também passei por aí. As coisas começaram a acumular, eu sofria horrores na escola, era assediada, agredida, perseguida, abusada, feita bobo da corte e saco de boxe, todo o santo dia, toda a santa hora, por parte de quatrocentas e quarenta e oito pessoas. Podem chamar-me o que quiserem, mas eu acho que quatrocentas e quarenta e oito pessoas contra uma é uma desvantagem demasiado gran…

Que Raio Se Passa Com Vocês?

Uma miúda agredida à porta de uma escola e humilhada nas redes sociais. Um rapaz espancado e esfaqueado numa paragem de autocarro. Casas, incluindo a minha, assaltadas pelas mesmas pessoas, pela mesma carinha branca, de carga, a guarda nacional republicana sabe perfeitamente quem são, já andam a rastreá-los há algum tempo, e os criminosos ainda continuam a monte. Porquê? Também estou a ter dificuldades em perceber. Milhares de euros angariados para ajudar as vitimas dos incêndios de Pedrógão Grande, pura e simplesmente desapareceram. Toneladas de donativos, eletrodomésticos, roupas e sei lá que mais, estão trancados num armazém e são distribuídos pelos autarcas e pelos amigos e familiares dos autarcas de Pedrógão Grande, enquanto as vitimas vivem sem nada. Desculpem lá, mas que raio se passa com vocês?! Será que ficou tudo estúpido de repente?! Ou foram estúpidos toda a vida e ainda o continuam a ser? Neste ponto, já devem estar todos a insultar-me mentalmente, não é? Bom, então se …